A cada dia que se passa surgem novos conceitos e nomenclaturas para as mais diversas exigências dos padrões de beleza. A nova febre é a tão falada barriga negativa. Com certeza você já ouviu falar nesse termo e sua mente associou, ou pelo menos tentou associar a diversas imagens. Na moda antiga o objetivo era a tal barriga zero, onde a principal característica era ter um abdome definido, com pouca gordura, traçado de linhas e curvas que exibissem os tão sonhados “gominhos”. Pois é, podemos chamar de “démodé” quem busca somente a barriga sequinha pois a nova moda é ter a barriga que tem um ângulo negativo com curvatura côncava, dessa maneira acentua-se mais os ossos do quadril e das costelas e a barriga fica pra dentro surgindo assim a tão sonhada “barriga negativa”.

Mesmo que cientificamente seja comprovado que com uma barriga mais seca se ganha disposição e confiança, coração mais saudável, mantém a libido em alta, dentre outros benefícios, os especialistas pedem cautela na busca dessa nova beleza, pois segundo eles não depende somente de uma dieta e de exercícios, e sim de uma forma específica do corpo de cada pessoa (genética) e que tal busca deve ser feita de forma saudável para que não leve a quadros anoréxicos e danos a saúde.

barriga-negativa (1)A barriga negativa é assunto para ambos os sexos, mesmo sabendo das desigualdades entres eles e elas, ambos podem conseguir o objetivo. Tá certo que as mulheres custam mais para perder peso e que os homens possuem na média 13% a 20% de gordura no corpo contra 21% a 27% nas mulheres, porém levando em consideração alguns quesitos que iremos citar a seguir e dificuldades a parte, ambos podem lograr êxito nessa busca da moda.

Quem ajuda nesse processo? Exercícios aeróbios que irão acelerar o metabolismo e ajudar a eliminar a gordura, alimentação fracionada, pois o corpo necessita de nutrientes para ajudar na eliminação de gordura, alimentos de baixo índice glicêmico, água pelo seu poder de auxiliar no metabolismo, proteínas vão ter o papel de reduzir a velocidade em que o carboidrato é transformado em açúcar, vegetais por ajudarem no funcionamento do intestino e exercícios abdominais localizados.

Quem pode atrapalhar? O sódio por reter líquidos, doces pães e farinha branca, pois possuem alto índice glicêmico e se transformam rapidamente em gordura, noite mal dormida por interromper a produção de alguns hormônios que acontecem durante o sono.

Ter a barriga negativa tem que ser entendido não apenas como estar na moda, mas sim como saúde, já que estudos apontam que quanto maior a circunferência abdominal maior é o risco de doenças cardiovasculares, piora o funcionamento do pulmão, dentre outras doenças

causadas pela gordura localizada na região do abdome.Vamos lá, mexa-se! Seja lá qual for seu objetivo, o primeiro passo é não ficar parado.

1380671_540960319315648_185416661_n

 

Marcelo Avelar

Personal Trainer e Corredor

About The Author

Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.